Síndrome de Tourette


A Síndrome de Tourette, Transtorno de Tourette ou Doença de Gilles de La Tourette é uma doença caracterizada pela presença de vários tiques motores associados a um ou mais tiques vocais, isto é, movimentos involuntários, surgidos antes da idade adulta.

Na verdade, alguns destes movimentos, sua intensidade, podem ser controlados parcialmente, à custa de muita tensão. Assim, na presença de pessoas desconhecidas ou com quem não se tem intimidade, a pessoa com a síndrome certamente se esforçará para conter ao máximo os tiques.

Classificação dos Tiques:
  • Simples
  1. Motores: Piscar os olhos, repuxar a cabeça, encolher os ombros, fazer caretas, trincar os dentes, mover os dedos das mãos, etc.
  2. Vocais: “coçar” a garganta (Pigarrear, limpar a garganta), grunhidos, uivos, zumbidos, latidos, estalidos com a língua, fungar, gritar, assobiar...
  • Complexos. Os tiques complexos gearalmente são precedidos por algum pensamento que direta ou indiretramente os desencadeia, como obsessões, gerando ansiedade.
  1. Motores: Pular, tocar pessoas ou coisas, cheirar, retorcer-se e, embora muito raramente, atos de auto-agressão, tais como machucar-se ou morder a si próprio...
  2. Vocais: Frases fora de contexto, frases ou sons ouvidos recentemente que têm que ser repetidos (ecolalia), e mais raramente obscenidades.
Apesar de não haver cura, há tratamento e a indicação para fazê-lo depende muito do quão incomodado o "Touréttico" se sente. Sim, porque muitas vezes os tiques incomodam mais quem os observa, do que quem os têm.


Referências Bibliográficas
  1. Síndrome de Gilles de La Tourette
  2. Tourette: Por dentro da Síndrome
1ª Publicação. 08/01/2007.



ATUALIZAÇÃO - 15/06/2009.


19 comentários:

dannyelgats disse...

O mais notável dessa síndrome é que não se difundiu, ou pelo menos não há muitos casos aqui na américa do sul. Ela é mais difundida na américa do norte.

Érica disse...

E essa síndrome é considerada algum tipo de deficiência? No caso dos tiques motores, onde há restrições e movimentos involuntários, poderia também ser considerada deficiência física? Como ficaria a situação de um portador no âmbito trabalhista? Ele teria algum auxílio da legislação?

Glaise disse...

Érica esta Síndrome não é uma deficiência, mas uma doença cujo curso é crônico, isto é, apesar de haver épocas em que os sintomas apresentam alguma piora ou melhora, e de também haver tratamento, nenhum médico pode assegurar a sua cura.
Deste modo, o que os portadores da Síndrome de Tourette devem fazer é buscar o tratamento para os sintomas, e caso não tenham sucesso e seus sintomas sejam de fato incapacitantes, nestes casos sim, seria possível recorrer a auxílios doença.
Como a Síndrome surge em pessoas com menos de 18 anos de idade, não seria aposentadoria, mas auxílios doença providos pelo governo federal que dependem não somente de incapacidade, mas também da renda familiar.

Érica disse...

Obrigada!

Stutteringmedia disse...

Acho que a distribuição desta síndrome é relativamente uniforme em todo o mundo. A diferença nos EUA é que lá existe uma associação muito forte, a TSA (Tourette's Syndrome Association), que faz campanhas de esclarecimento de amplo alcance, conseguindo com isso reduzir os tabus em torno da doença e também a vergonha dos portadores de se mostrarem e falarem abertamente de seu problema.

Anônimo disse...

sou possuidor da sindrome de tourette, e os tics, que no meu caso sao motores e sonoros, estao me atrapalhando ao extremo, tanto no trabalho quando nos estudos, um exemplo, fui obrigado a deixar uma faculdade de direito, no 6 periodo, pois nao aguentava mais as "gozacoes" de outros colegas. No trabalho, virei mico de todos. tentei tomar algumas medicacoes, como Ritalina, Concerta etc, mas essas medicacoes ate resolvem meu prblema, porem nao consigo ficar em pe, me da muita fraquesa e sonolencia..vamos la... quero saber mais ou menos o que a nossa amiga Erica perguntou no topico acima, no meu caso,,posso entrar com um AUXILIO DOENCA, ou um afastamento de minhas atidades profissionais no tempo de tratamento... obrigado

Glaise Franco disse...

Veja, o afastamento do trabalho é possível desde que você se encontre impossibilitado de exercê-lo, isto é, se os tiques te impedirem de realizar suas tarefas.
Estamos em um momento de INCLUSÃO, isto é, as pessoas em sociedade devem começar a entender, ao menos um pouco sobre as dificuldades alheias, pelo menos o suficiente para respeitar o outro em suas diferenças e a nossa legislação não permite NEM O PRECONCEITO, NEM O ASSÉDIO MORAL, de que parece que você foi vítima.
Assim, sugiro que: insista na tentativa de usar outras substâncias para minimizar os sintomas, mas principalmente não se deixe inibir por eles - os sintomas e os ignorantes que persistem com o escárnio.
Em seguida avalie se a sua dificuldade é com os sintomas o com o assédio moral dos colegas no trabalho, e recorra aos seus direitos de cidadão.
Desculpe a demora em responder, mas estou em férias até 15/11, então até lá raramente estarei on-line.
Um abraço.

Luanda disse...

O médico do meu filho o diagnosticou com ST e hiperatividade, porém o problema dele é com autoridade e reações agressivas, e diz que não controla alguns pensamentos entre outros... Não acho literatura falando sobre esses sintomas, gostaria de saber se há algum disponível, mesmo em inglês.
Luanda.

Glaise Franco disse...

Cara Luana,
o diagnóstico em psiquiatria é um processo.
Muitas vezes fazemos um primeiro diagnóstico, mas isto não quer dizer que não haja comorbidades, isto é outros diagnósticos concomitantes, por exemplo, é muito comum pessoas que têm ST terem também Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), a qual provoca ansiedade reações agressivas e principalmente pensamentos recorrentes. Então sugiro que dêem tempo e principalmente aprofundem o diálogo com o psiquiatra do seu filho, que aos poucos as coisas vão sendo esclarecidas entre vocês.
Quanto a literatura sobre o tema recomendo dois outros sites que estão em nossa lista, aí ao lado de SITES RECOMENDADOS: o da ASTOC e o sobre TDAH.
Espero tê-la ajudado.
Desculpe a nossa demora em responder mas isto se deve ao fato de estarmos de férias e, portanto, não estarmos fazendo acessos regulares à internet.

Anônimo disse...

oi ola eu sou o breno e fou diagnosticado que eu tinha sindrome de tourret aos 12 anos .e eu gostaria de saber si eu posso ser aposentado ? parei di estudar assim que foi diagnosticada e gostaria di alguem que e portador ow que entende sobre a doença para tecla meu msn e
breno-gostoso157@hotmail.com

Glaise Franco disse...

Se a Síndrome de Tourette te incapacita Bruno, ao menos teoricamente, você tem direito a auxílio governamental, mas é preciso ver com uma assistente social em que tipo de auxílio você se enquadraria (conforme sua renda familiar, etc).
Que bom que você está querendo compartilhar suas experiências com outros portadores - enfrentar qualquer doença em rede de ajuda mútua é bem mais fácil.

Anônimo disse...

muito obrigado graise .......si vc puder mi add no msn ficarei muito feliz é
breno-gostoso157@hotmail.com

debora disse...

Gostaria de saber se na Sindrome TOURRETE a pessoa faz os movimento voluntáriamente ? Pois eu tenho 29 anos e desde criança gosto de ficar mexendo as pernas antes de dormir, e faço isso todo dia antes de dormir e se eu acordar durante a madrugada mexo a perna novamente até dormir de novo, não sei explicar eu sinto que é gostoso mexer a perna antes de dormir pq parece que se eu ficar quieta na cama o sono não vem. Será que isto é Tourette? falei isto ao meu psiquiatra e ele acha que é TOC? mas já tomei Sertralina e Fluoxetina e só piorou, eu mexia mais ainda as pernas. Eu sinto que tenho TDHA - do tipo predominatemene Hiperativo pois tenho todos o s sintomas, mas ele disse que tem que tentar o tratamento com a Paroxetina e não quer me dar Ritalina. Gostaria de saber se este sintomas das pernas pode ser Tourette?

Glaise Franco disse...

Quanto às suas pernas sugiro visitar nossa postagem sobre SÍNDROME DAS PERNAS INQUIETAS (http://dicionariodesindromes.blogspot.com/2009/03/sindrome-das-pernas-inquietas.html), mas não nos parece em nada com Tourette

Rafael disse...

Olá. Não conhecia este blog, e estou adorando. Sou estudante de psicologia, e a avaliação é realmente uma área extremamente rica e complexa.
Só gostaria de fazer uma colocação sobre o comentário de dannyelgates. A incidência da síndrome na américa do sul acaba por acontecer de maneira parecida em outras regiões mundiais. Já vi muitos casos da ST em comorbidade com transtornos invasivos do desenvolvimento. Realmente há muitos casos espalhados no Brasil. Também já vi crianças com esta síndrome, e que, superficialmente, apresentavam sintomatologia de transtorno obsessivo compulsivo.
Creio que dificilmente irás encontrar um caso isolado e específico de ST.

Virginia Cruz disse...

Quem fez a cirurgia e colocou um DBS é considerado deficiente assim como quem tem um marca-passo cardíaco ?

Glaise Franco disse...

Não tenho idéia.

Sugiro consultar um advogado.

Anônimo disse...

Bom dia. Gostaria dde saber se a síndrome de tourette compromete o sono, ou se os tiques sessão durante o sono?

Glaise Franco disse...

Não. Não compromete o sono.

Postar um comentário

Depois de postar, aguarde até a sua mensagem ficar on-line. Isto não ocorrerá imediatamente. Poderá levar até um dia. Não aceitamos comentários anônimos. Obrigada pela sua colaboração.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.