Síndrome de Ganser


Apesar de já ter sido classificada entre os transtornos factícios, atualmente pertence aos quadros histéricos dissociativos.

A pessoa provoca um quadro psiquiátrico repentino e intenso, com exuberância de sintomas, a ponto de parecer insana: pararrespostas, sonambulismo, dissociação. Contudo, aspectos psicopatológicos conflitantes fazem o diagnóstico diferencial com as psicoses verdadeiras.

Foi inicialmente descrita entre presidiários sendo por isto também chamada de "Psicose da prisão".

9 comentários:

Anônimo disse...

Como tratar a síndrome de Ganzer ?

Glaise disse...

É necessário, primeiramente, tirar a pessoa do quadro dissociativo, às vezes isto é possível com a prescrição de benzodiazepínicos, outras vezes somente se consegue fazê-lo com o uso de antispsicóticos.
Uma vez fora da crise, para evitar que tal fenômeno se repita, afastar estressores precipitantes (se possível), e necessariamente realizar psicoterapia.
Neste caso estão mais indicadas as psicoterapias dinâmicas: de orientação psicanalítica, psicanálise, psicodrama.

Anônimo disse...

Olha tenho uma neta que tem sindrome de Goche (ancho que é assim que se escreve, procuro tratamento para ela e não tenho muitas alternativas, se alguem conhece essa sindrome e puder me informar de algo que possa ajuda-la, pore favor me mande uma resposta, pois ja perdi uma neta com essa sindrome antes dela completar 1 ano e ela sofreu muito fazendo muitos exames de sangue, obrigado, espero (calgto2008@hotmail.com)

Glaise Franco disse...

Na verdade a senhora deve estar se referindo à DOENÇA DE GAUCHER.
Ainda não escrevemos sobre esta doença em nosso Blog, mas certamente a senhora poderá encontrar mais informações a respeito no site: http://www.doencadegaucher.com.br
Boa sorte em sua busca e com sua neta.
Um abraço fraterno.

Anônimo disse...

Como tratar a pessoa com a síndrome de Ganzer,quando ela se coloca de forma resistente e não acha que está doente,sempre acha que estão conspirando contra ela.Tenho um caso na família,e ela tem 43 anos e está bem complicado tratar dela pois se vc pressiona ela pode até fugir Deus sabe para onde...

Glaise Franco disse...

Se sempre acha que estão conspirando será que é mesmo Síndrome de Ganser?

Anônimo disse...

Obrigada pela resposta,mas se não é Síndrome de Ganzer pode ser o que ? Quando é cobrada ou vc fala algo ela responde com frases que não tem nada a ver com o que vc falou,fica muito brava quando falamos algo que vai contrário ao que ela pensa,e anos atrás foi diagnosticada pelo psiquiatra como Síndrome de Ganzer.Tem um olhar distante quando olho para ela parece que não está ali,o que pode ser então ? Quando é cobrada então fica muito brava,está adiando uma situação de meu pai morar com ela aqui em SP,pois ele tem 83 anos e ela concordou e agora que está com o imóvel desocupado,fica arranjando desculpas que está arrumando o apto e a gente não entende o que ocorre,além de estar acabando com o $$$ dele e a gente não sabe como interferir pois uma época ela sumiu e foi difícil encontrá-la e muito mal por sinal...confusa...o que vc acha ?

Glaise Franco disse...

Acho que vocês deveriam levá-la novamente a uma consulta psiquiátrica e citar todos estes sintomas que acabou de mencionar, assim como os que citou anteriormente. Um diagnóstico psiquiátrico pode ser dado em um momento da vida, mas a evolução da doença pode apontar para outra doença. O diagnóstico diferencial em psiquiatria nem sempre é fácil. Sugiro levá-la o quanto antes a um colega psiquiatra mais próximo de vocês a fim de evitar que as coisas se agravem mais.

Anônimo disse...

Agradeço sua resposta mas o problema é levá-la ela não iria naturalmente e também já tivemos um histórico com minha mãe falecida que tinha Psicose Maniaco Depressiva e infelizmente estou sózinha nesta jornada pois meu pai com 83 anos não está em condições de mais nada....

Postar um comentário

Depois de postar, aguarde até a sua mensagem ficar on-line. Isto não ocorrerá imediatamente. Poderá levar até um dia. Não aceitamos comentários anônimos. Obrigada pela sua colaboração.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.